Download Windows Seven 7 Ultimate Lite (PT BR)

segunda-feira, 31 de maio de 2010


Windows Seven Ultimate Lite
Tamanho: 1.3 Gb
Formato: Rar
Facilidade de Uso: 10
Interface Gráfica: 10
Número de Mídias: 1 DVD
Idioma: Português PT-BR
Crackeado


Requisitos Mínimos
Processador de 1GHz (32-bit ou 64-bit)
Memória RAM de 1GB
Espaço de 16GB disponível no HD
Placa de vídeo de 128MB com suporte a DX9
Drive de DVD-R
Excelente opção para Netbooks


>Informações importantes:
Foi retirada muita coisa inútil para um usuário comum. A idéia foi deixar totalmente funcional, ou seja, ter rede, compartilhamento, impressoras, drivers, etc; Foi retirado, por exemplo, o TABLET PC, o Windows Media CENTER, o SUPORTE A FALA, e outros "acessórios" que deixam o windows mais pesado.


Depois de instalado no HD, ele ocupa: de 3,51Gb a 







4,23Gb
* Depois de desabilitar o hiberfil.sys ("powercfg -h off" [digitar no cmd]) e rodar o Ccleaner e RED – Remove Empty Directories (removedor de diretórios vazios). ** Após rodar o extreme.bat Lembrando que neste espaço ocupado esta incluido o Pagefile.sys de 1 Gb (1.073 Mb), ou seja o windows ficou bem enxuto. O consumo de memória RAM gira em torno de 300 Mb. Após instalado você notará na unidade que escolheu uma pasta CRACK, dentro dela tem 3 arquivos: - ULoader5.0.0.7.exe - Leiame.txt - extreme.bat - red-v2.1-setup.exe - ccsetup 2.26 Nota: Este arquivo extreme.bat é uma adaptação que fizeram em cima de um batch do dead0 encontrado no MSDN, Dead0 fez um batch pra ser aplicado antes de gerar a imagem do Windows na versão inglês. Ele apaga vários arquivos da pasta WINSXS, manifests entre outros e libera algo em torno de 700 Mb. Este extreme.bat é uma adaptação pra versão Pt-br e diferentemente do Dead0, foi feito para ser aplicada após a instalação do Windows 7 no PC. Ela é opcional pois possui alguns riscos pois o fato de mexer na pasta WINSXS. Nos testes não apresentou nenhum problema - use por sua conta e risco. Depois de atualizar o windows com o windows update, rode o ULoader5.0.0.7.exe


0 comments

Postar um comentário