Você é um viciado em computador quando...

segunda-feira, 22 de março de 2010

Não acorda, dá boot.
Não tem memória, tem HD de 160 GB.
Não faz análise, dá um scandisk.
Não acredita em Deus, só no Google.
Não peca, comete exceções fatais.
Não rouba, executa operação ilegal.
Não pede ajuda, tecla F1.
Não esquece, deleta.
Não evolui, faz upgrade.
Não tem dó, tem DOS.
Quando toma sopa de letrinhas, escolhe a fonte.
Não freqüenta boteco, prefere ambiente Windows.
Não tem cérebro, tem gerenciador de dispositivos.
Não guarda rancor, faz backup das mágoas.
Não tem raízes, tem configurações regionais.
Não desmarca compromissos, remove programas.
Não faz implantes, adiciona novo hardware.
Só fica em segundo plano pra configurar papel de parede.
Não gosta de mulher conservadora, prefere as de configuração avançada.
Só usa tabelinha do Excel.
Só mostra documento do Word.
Sempre freqüenta o Powerpoint da rapaziada.
No restaurante, pede o menu iniciar.
Não exagera, maximiza.
Quando está com gripe, toma antivírus.
Não socorre, salva.
Não tem motorista, tem driver.

0 comments

Postar um comentário